Carnaval com Braguinha e Marco Bernardo!

16/02/13

MAB Braguinha 26.01.2013

E VIVA O CARNAVAL!

Saindo um pouco da rotina, envio-lhes dois mergulhos meus no Carnaval de ontem, hoje e sempre, em links Youtube:

1. Braguinha e Marco Bernardo – Touradas em Madrid (João de Barro – Alberto Ribeiro: http://www.youtube.com/watch?v=0E2nQ1we89w
2. Braguinha e Marco Bernardo – Yes, Nós Temos Bananas (João de Barro – Alberto Ribeiro): http://www.youtube.com/watch?v=CCs8Jwuvxfg

As gravações aqui apresentadas foram realizadas após uma entrevista gentilmente concedida pelo Mestre quando de minhas primeiras incursões no ramo da pesquisa, na tarde de 26 de janeiro de 1993 em sua residência, em Copacabana. Há 20 anos, já!

Algumas curiosidades sobre as duas composições: “Touradas em Madrid” chegou a ser classificada em 1º lugar no Concurso Oficial de Marchas e Sambas em 1938, mas a banca impugnou o resultado graças à pressão de concorrentes perdedores, que sustentavam esta tratar-se não de marcha, e sim de paso-doble. Em “Yes, Nós Temos Bananas”, tornou-se hábito de Braguinha parodiar suas próprias composições ao longo de suas aparições, característica presente no registro aqui apresentado: em alusão à divida externa que assolava o nosso país lá pela década de 1980, Braguinha atualizou a 2ª parte com os versos “O meu dinheiro sumiu daqui/ Vão buscar outro no FMI/ Mas se pagar eu não puder/ Bananas pra quem quiser!”

Esses inestimáveis registros remontam às minhas pesquisas pela Cidade Maravilhosa nos anos 1990, captados em fita cassete, do tempo em que não havia filmadoras portáteis e demais meios modernos de captação, o que hoje em dia muito lamentamos. São singelos documentos do meu saboroso convivio de algumas horas com esse Mito de nossa Música Popular… uma jóia que ora compartilho com vcs!

E VIVA O CARNAVAL!


Estréia Nacional da Fantasia Para Dois Pianos e Orquestra Sobre Temas de Tom Jobim nos Dias 22 e 24 de Agosto – Grande Sucesso!

15/09/12

Com a inesperada demissão de Julio Medaglia do cargo de diretor artístico da ORTHESP (Orquestra do Theatro São Pedro), a estréia da obra de Rodrigo Morte sobre temas de Tom Jobim largamente anunciada para os dias 04 e 05 de Agosto, tendo como solistas Fábio Caramuru e este que vos escreve, foi abortada em plena véspera, deixando perplexos os artistas e um numeroso público que se preparava para prestigia-la.

Nos sentimos reconfortados com as manifestações de apreço e apoio recebidas de todas as partes, e particularmente sensibilizados com a pronta reprogramação do evento, desta vez sob a regência de Emiliano Patarra, gentil e talentoso profissional que, nas noites de 22 e 24 de Agosto, proporcionou a todos os partícipes e presentes um incrível e inesquecível espetáculo.

Agradecemos ao caro Maestro Emiliano Patarra por toda atenção a que fomos brindados, e saudamos todos os profissionais da ORTHESP que, sob a direção do caro Maestro, emolduraram de maneira especial essas duas noites memoráveis!


Marco Bernardo e Fábio Caramuru Fazem Estréia Brasileira de Obra para Dois Pianos e Orquestra sobre Temas de Tom Jobim

31/07/12

os pianistas Fábio Caramuru e Marco Bernardo

O Maestro Julio Medaglia e o compositor Rodrigo Morte

Nos dias 04 e 05 de Agosto, às 20h30 e 17h00, os pianistas Marco Bernardo e Fábio Caramuru protagonizarão no Theatro São Pedro a estréia nacional da Fantasia para Dois Pianos e Orquestra Sobre Temas de Tom Jobim, composta por Rodrigo Morte, compositor ligado à Orquestra Jazz Sinfônica, sob a batuta do Maestro Julio Medaglia à frente da Orquestra do Theatro São Pedro.

A obra teve sua estréia no exterior, em 04 de dezembro do ano passado, durante o Europalia International Festival Arts, na Bélgica, com Fábio Caramuru como solista da Brussels Philharmonic, ao lado do pianista belga Alexander Gurning.

A Fantasia que privilegia a linguagem a dois pianos sob intenso colorido orquestral traz temas conhecidos de Tom Jobim, tais como Chovendo na Roseira, Estrada do Sol, Amparo (Olha Maria), A Felicidade e Quebra-Pedra.

Assim como Marco Bernardo, Fábio Caramuru ostenta uma lista relevante de bons serviços à música brasileira, vindo divulgar nestas duas últimas décadas a obra de Tom Jobim.

Serviço:

Evento: Concerto com a Orquestra do Theatro São Pedro, Solistas Fábio Caramuru e Marco Bernardo, Regente Julio Medaglia

Data e Hora: Sábado, 4 de agosto às 20h30 | Domingo, 5 de agosto às 17h00

Programa: Homenagem a Luiz Gonzaga (100 Anos), Noel Rosa, Tom Jobim e West Side Story de Leonard Bernstein

Local: Theatro São Pedro (636 lugares), Rua Barra Funda, 171 – Barra Funda, São Paulo – SP

Informações: (11)3667 0499

Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)


Guerra-Peixe e Piazzolla

05/03/12

Neste 13 de Março, às 20h, na série Terça na Praça do Centro Cultural São Paulo, à Rua Vergueiro 1000, terei o prazer de me associar a dois carissimos colegas de nomeada – os fantásticos Antonio Lauro Del Claro (que neste ano comemora seus 50 anos de festejada carreira musical!) ao violoncelo e José Staneck à harmônica-de-boca – para um belissimo recital dedicado aos mestres César Guerra Peixe e Astor Piazzolla.

É incrível a semelhança dos dois autores, aproximando duas tradições ao mesmo tempo distintas e riquíssimas: a nordestina e a portenha.

A formação harmonica-de-boca / cello / piano é inédita e surpreendente, trazendo as mais variadas nuances de sonoridade, desde o suave/delicado até o intenso/arrebatador.

Maiores informações sobre o recital através do link http://www.centrocultural.sp.gov.br/saiba_mais_musica_erudita_antonio.asp

Nâo é necessária a tradicional retirada antecipada de ingressos no CCSP.

Imperdível!


O GLOBO, 24/12/2011: Pianista Grava os Choros de Radamés

05/01/12

É com imenso prazer que compartilho com meus estimados amigos esta recentíssima matéria, publicada nO GLOBO em 24.12.2011 e assinada pelo grande jornalista João Máximo (entre outros atributos, biógrafo de Noel Rosa), tratando do CD “Radamés Gnattali: Integral dos Choros para Piano Solo” (com meus sinceros agradecimentos ao amigo Cláudio Castro, que gentilmente ma enviou).

Foi de grande alento ler um profissional da lavra de João Máximo constatar (e destacar) dois sentimentos que efetivamente permearam esta produção: a REVERÊNCIA ao compositor e a evocação ao inigualável SOM DE RADAMÉS.

Mas o que mais me sensibilizou foi o fato dele se permitir falar (tbm pelo compositor) que Radamés aprovaria a gravação. O que mais eu poderia desejar?

Um cordial abraço a todos, obrigado pelo prestígio e, ainda em tempo, um Feliz Ano Novo!!


MAB e Sebastião Teixeira em Recital para a Cia. Minaz (Ribeirão Preto-SP)

13/12/11

flyer de divulgação

Nesta última sexta-feira, dia 09, às 21h00, no Teatro Minaz, tive o imenso prazer de acompanhar o grande barítono e querido amigo Sebastião Teixeira em belíssimo recital para a Cia. Minaz (apoio SESC-Ribeirão).

No programa, canções brasileiras de Francisco Mignone, Babi de Oliveira e Beetholven Cunha, de quem estreamos a composição “Amor”, com poesia de Elmar Carvalho, dedicada ao Sebastião, e grandes árias de ópera de Camargo Guarnieri, Gounod, Donizetti, Rossini, Leoncavallo, Verdi e Carlos Gomes.

Também tivemos a grata oportunidade de conferir o maravilhoso trabalho da Cia. Minaz e seus valorosos profissionais, sob a égide de Gisele Ganade, que merece todas as nossas reverências. Bravo Tião! Parabéns Cia. Minaz!


Guia da Folha (de São Paulo) e Revista Veja recomendam o CD duplo “Radamés Gnattali: Integral dos Choros para Piano Solo”

05/12/11

Guia da Folha, 25 de Novembro, por Irineu Franco Perpétuo e Revista Veja, 04 de Dezembro, por Sérgio Martins, registram os mais recentes vôos do CD duplo “Radamés Gnattali: Integral dos Choros para Piano Solo”. Com nossos mais sinceros agradecimentos!