Bixiga: Um Musical na Contra-mão

05/10/10


Venho indicar a vocês uma das principais produções da temporada e que eu tenho imenso prazer em participar: “Bixiga, Um Musical na Contra-Mão”, em cartaz desde 13 de Agosto no Teatro Sérgio Cardoso, na Bela Vista, marcando seus 30 anos de existência.

Esse musical cômico-brasileiro, produzido pela Secretaria de Estado da Cultura e realizado pela APAA, é dirigido por Mário Masetti, diretor artístico do teatro e responsável pelo projeto, e traz ao palco uma equipe privilegiada: 23 atores num cenário montado sob coordenação de Beto Mainieri, vestidos com figurino de Isabela Telles, sob preparação vocal de Juliana Amaral e coreografia do também ator Paulo Goulart Filho, os maestros Fábio Prado e João Mauricio Galindo regendo (no fosso) a Orquestra Jazz Sinfônica, que interpreta ao vivo as composições assinadas pelo time de peso composto por Nelson Ayres, Ruriá Duprat, Miguel Briamonte e Rodrigo Morte, além de cerca de mais de 50 técnicos atrás das coxias para a realização do musical que tem duração de 90 minutos.

Estou integrando a equipe desse espetáculo desde seu processo de elaboração musical, secundando ao piano os atores coordenados pela preparadora vocal Juliana Amaral, e posteriormente tendo sido convidado para integrar (ao teclado) a “cozinha” da Jazz Sinfônica, juntamente com o guitarrista Bruno Maia, o baixista José Hwang e o baterista Leandro Lui.

O musical, que conta com Carlos Meceni como co-diretor, se passa na tradicional região do Bixiga, com fofoqueiras, cortiços, brigas de vizinhos e famílias italianas, brasileiras, africanas e orientais. O texto (que não se apega ao politicamente correto) é fruto de pesquisa encabeçada por Solange Santos e escrito numa parceria entre Edu Salemi, Enéas Pereira e Ana Saggese.

“Bixiga” tem duração de 90 minutos e fica em cartaz até 31 de Outubro. O endereço é Rua Rui Barbosa, 153, Bela Vista, e os ingressos custam de R$10,00 a R$20,00. Venham conferir e dar boas risadas!

Anúncios