Cancionista

“O Cancionista” começou de maneira espontânea e acabou se tornando um projeto, em que me apresento como cantor de algumas das mais belas canções nacionais e internacionais jamais compostas, acompanhando-me ao piano de maneira simples e despretensiosa.

Devo minha vivência de canto não só à minha atuação com corais, mas, sobretudo, ao acompanhamento de cantores populares e, principalmente, líricos. Ao exercer esse trabalho com extremo capricho e dedicação, foi inevitável que, ao secundar e observar tantos artistas talentosos e privilegiados, eu próprio me descobrisse cantor!

Não chego a ser um autodidata, porque tenho tido a oportunidade de trabalhar alguns aspectos de minha voz com alguns destacados profissionais do ramo, embora de maneira não-regular. Sempre tive por objetivo preservar minha voz natural, cujo registro é o de barítono, por mais que certos artifícios se façam necessários.

A maneira com que venho conquistando os amantes das grandes canções em demonstrações em saraus particulares e em memoráveis eventos desde 1997 é que me incentivam a dar incremento a mais essa iniciativa em minha variada carreira musical que, indubitavelmente, é uma das que mais eficientemente tem atingido ao público de um modo geral.

Um bom dicionário reza que “cancionista” trata-se daquele que faz canções. Tomei-me de simpatia pelo termo e incorporei-o por neologismo, pois acredito que fazer canções, mais que compô-las, significa explorá-las em seus segredos e riquezas mais recônditos, para que sejam submetidas ao deleite e emoção do público. Esse é o papel do intérprete, e evocar uma espécie de trovador de início de milênio é o meu objetivo neste show.

Venho me aperfeiçoando dia-a-dia no conhecimento desse tão essencial gênero musical a partir de meu próprio arquivamento e o de alguns diletos amigos e connaisseurs, onde se encontra uma infinidade de canções interpretadas pelos maiores cantores populares de todos os tempos, além de receber a desinteressada colaboração de tantos colegas queridos, essa formidável legião de cantores amadores e profissionais que venho acompanhando ao longo destes anos e que me trazem um rico e fabuloso repertório de canções americanas, italianas, francesas, alemãs, espanholas, argentinas, portuguesas e, sobretudo, brasileiras.

Graças à primazia de valer-se de tão valioso tesouro, me é dada a oportunidade de evocar, através de uma leitura pessoal, toda uma gama de cancionistas que fizeram história, fazendo o público cantar junto e viajar no tempo.

É com imensa satisfação que, dez anos após seus primeiros eventos, comunico que o CD “O Cancionista” já está disponivel, lançado em abril de 2007 pela Circuito Musical, com a esmerada produção de Wagner Amorosino. Confira!!

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: